Pense na tristeza que deve ser para um orador, a certeza de que está gastando saliva aos ventos. Verbalizando ao nada, com seus dizeres ecoando incompreensíveis no vazio, sem atingir a função social primordial da fala. Ou seja, comunicar!
Deve ter sido essa a sensação dos vereadores de Canavieiras, na manhã desta segunda-feira (02), presentes no retorno oficial dos trabalhos legislativos da casa, nesse segundo semestre de 2021.
Com o plenário fechado ao público, as sessões estão sendo transmitidas ao vivo na página oficial da Câmara no Facebook, e também reverberadas através de uma caixa de som montada no local, alcançando apenas quem por ventura estiver nas imediações. Ou seja, quase ninguém. Tal qual as transmissões via a rede social de Zuckemberg. Um alcance lamentavelmente inexpressivo para a grandiosa importância de uma casa legislativa de uma cidade do porte de Canavieiras.
Será que o canavieirense médio sabe o que está sendo discutido, votado e proposto na Câmara de Vereadores? Se não sabe, deveria saber, e isso deve ser interesse primordial dos edis, já que, se os seus trabalhos não chegam ao conhecimento daqueles que os elegeram, a sensação que paira é que nada fazem. 
Se o diálogo imprescindível e fundamental das democracias, envolvendo as casas legislativas e o povo, apresenta obstáculos, isso sempre será um sinal de alerta negativo aos legisladores. Tais dependem basicamente desse canal de comunicação, para que possam fazer jus à função social dos seus cargos de representantes populares.
Pois bem, na sessão – que além dos vereadores, também contou com as presença do Diretor de Secretaria, Dr. Joventino Sampaio, do Assessor Jurídico, Dr. Joabs Ribeiro, e dos servidores da Casa – o presidente Clery Costa destacou a importância da parceria efetiva entre o executivo e o legislativo, e afirmou que as atividades iniciadas no primeiro semestre seguirão.
“Nessa segunda etapa vamos trabalhar com mais eficiência, para que possamos contribuir no desenvolvimento da cidade”, destacou o presidente da Câmara. 
COMPARTILHAR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *